Live aborda o antigo problema das lâmpadas queimadas em Ijuí

  • by

Ijuí tem cerca de 300 lâmpadas, ou pontos de iluminação, queimadas e precisando de substituição. Em um universo de mais 14 mil pontos, este poderia ser considerado um excelente índice, de eficiência e qualidade nos serviços de iluminação pública da cidade. Porém, existe um detalhe: a prefeitura só coloca na lista das “lâmpadas a trocar”, aquela que é notificada pelo cidadão. Ou seja, se há uma lâmpada queimada em uma rua e ninguém dirigiu-se até a prefeitura para informar sobre isso, ela continuará queimada e não estará nos dados oficiais. Essa situação foi abordada na transmissão ao vivo do Canal do Bira, nesta quinta-feira (12). 

Confira íntegra da transmissão aqui.

Transmitida também pelo FacebookInstagram e Canal do Bira no YouTube, a live esteve focada na gestão da iluminação pública de Ijuí que, para Bira, “é um sistema que da forma como está, não funciona. Existe uma reclamação muito grande de falta de iluminação pública especialmente porque a estratégia que a prefeitura utiliza é equivocada”, observou o ex-vice-prefeito logo no início da transmissão. 

Durante a Semana, Bira levantou o tema em sua rede social, pedindo que as pessoas indicassem, ali mesmo nos comentários, pontos onde há necessidade de troca de lâmpadas. Em poucas horas, foram muitos os comentários, oriundos de diversos bairros e regiões da cidade. Mais de 20 comunicados, pelo Facebook e WhatsApp, compilados em uma lista que foi levada ao departamento responsável pela iluminação pública de Ijuí, protocolada como solicitação para troca das lâmpadas. A pergunta que fica é, sobre como melhorar a situação. 

“As pessoas têm o mundo na palma da mão hoje, processamento de dados e sistemas inteligentes. Hoje temos, sim, sistemas de iluminação pública chamados inteligentes. Quando a lâmpada queima, o sistema é acionado. E temos uma rede com capacidade de transmissão de dados em Ijuí” observou Bira. 

Ao mesmo tempo, como um internauta informou, durante a transmissão, o município vizinho, Cruz Alta, está implantando um projeto para renovar toda a iluminação da cidade, até o final deste ano.

Trocaram os postes de madeira por postes de concreto mas deixaram o mesmo sistema daquele tempo! É possível, sim, quem administra o  serviço, saber em tempo real quando a lâmpada deixou de funcionar (…) Instalar lâmpadas de led ligadas a um sistema inteligente, com transmissão de dados. Não precisa o cidadão ficar ligando para avisar. Mas claro que a prefeitura teria que organizar para transformar isso. Teríamos que fazer um pacto na cidade, da prefeitura com ONGS, cidadãos, associação para trabalhar a migração deste sistema ultrapassado para um sistema inteligente. Não é possível que em pleno século 21 estejamos com esse sistema ultrapassado”, disse Bira. 

fonte: https://bira.blog.br/2020/03/13/live-aborda-o-antigo-problema-das-lampadas-queimadas-em-ijui/